Reserva Sapiranga, ecoturismo na Bahia

4
3192

Neste post atualizado você vai saber como é a visita à Reserva Sapiranga em Mata de São João, no Litoral Norte da Bahia. No entanto, vou deixar também o relato antigo da visita que fizemos em 2014.

 

Reserva Sapiranga – como chegar

de carro – basta colocar no google maps e seguir a BA 099 e bem perto de Praia do Forte observar a placa indicando Reserva Sapiranga. Mas atenção, pois esta placa encontra-se na beira da pista coberta pelo mato. Daí, quando você avistar esta placa, faça a curva bem acentuada e entre num túnel que fica embaixo da rodovia e então, estará na entrada da Reserva.

Se você não quiser pagar pedágio (sentido norte), basta desviar por Jauá, na ida, e por Cajazeiras de Abrantes, na volta.

de ônibus – a empresa Atlântico Transportes é quem serve esta região e para quem possui o cartão Salvador Card, é possível fazer a integração com o metrô. Há uma parada de ônibus para a Reserva, daí é só passar pelo túnel e você estará na entrada da Reserva.

Além do ônibus, tem as vans da Linha Branca que fazem o mesmo trajeto do ônibus.

Túnel embaixo da rodovia BA 099:

Entrada da Reserva Sapiranga em 2014:

Reserva Sapiranga preço da entrada

Em 2014, a taxa de entrada era 10 reais. Porém, em 2021, a entrada tem sido gratuita e não tem controle, ou seja, carro pode entrar tranquilamente. Preferimos deixar o carro na entrada e seguir andando.

Como entrar na Reserva Sapiranga

Como dito, a entrada na Reserva Sapiranga era paga e para conhecê-la havia um custo adicional com o guia. Lembro que naquela época, pagamos R$25 para três pessoas.

Hoje, no entanto, o serviço de guia é oferecido por agências em Praia do Forte ou pelos guias que ficam na entrada da Reserva. Assim, você contrata se você quiser ou se você não conhece a Reserva. Por isso, fiz um vídeo em que mostro como fazer toda a trilha em detalhes até o Rio Pojuca por conta própria.

O que é Reserva Sapiranga?

A Reserva Sapiranga é uma área densa de Mata Atlântica e está inserida na APA (Área de Proteção Ambiental) Litoral Norte desde 1992. Em 2014, conhecemos o projeto Floresta Sustentável que atuava em Mata de São João, há 2 anos, na conservação de 600 hectares de floresta e beneficiou cerca de 3.700 pessoas com cursos, palestras e oficinas de capacitação além de promover o resgate cultural e a geração de emprego e renda.

A Reserva Sapiranga tem este nome porque dentro da sua área possui um rio denominado Rio Sapiranga, que na língua tupi-guarani quer dizer “olho vermelho”. Além disso, há 3 rios na Reserva: Rio Pojuca, Rio Terebu e o Rio Sapiranga.

reserva sapiranga praia do forte bahia

O que conhecemos na Reserva Sapiranga em 2014?

Viveiro de mudas – O objetivo deste viveiro é a preservação da Mata Atlântica que foi tão degradada ao longo dos tempos desde o século 16 devido a agricultura e pecuária na região. As sementes são retiradas da floresta e para acelerar a germinação passam pelo processo de escarificação que consiste na abrasão da semente sobre uma superfície áspera para facilitar a penetração da água. Outro processo para quebrar a dormência das sementes é o choque térmico, onde se coloca a semente primeiro na água quente e depois na água fria.

na placa abaixo vemos a quantidade de mudas produzidas:

Neste espaço de 600 m² as mudas estão sob um sombrite que barra 50% da luz solar proporcionando climatização perfeita para o desenvolvimento das mudas. além disso, uma tela no chão impede a proliferação de ervas daninhas e insetos.

Mudas de plantas em extinção: pau Brasil, jacarandá da Bahia.

Naquela época, ganhei uma muda de açaí que levaria 5 anos pra darfruot, porém morreu, rsrs.

O ponto de apoio ao visitante possuía banheiro, loja de artesanato, biblioteca e um mini museu de animais empalhados e na conserva. Já o artesanato era feito por mulheres do povoado de Malhadas.

Acessórios de côco pindoba, peças de 12$ a 25$

E a grande atração do centro de visitantes era uma jiboia de dois anos de idade que ainda estava de barriga cheia, pois havia sido alimentada com 2 ratos no dia anterior.

Hoje, não existe mais este projeto e encontramos a Reserva sendo loteada através de Reserva Legal. No entanto, a natureza se mantém firme e forte diante das mudanças e a partir de agora você vai conferir o passeio que fizemos em Setembro de 2021.

Trilhas

Da entrada da Reserva até o Rio Pojuca caminha-se mais ou menos 1km por fácil trajeto que, por falta de sinalização, leva o visitante menos habitual a se perder. E foi o que aconteceu, nos perdemos por duas vezes. Mas encontramos um rapaz que nos deu a informação direitinho e por isso, fiz o vídeo abaixo:

Seguem fotos da trilha da entrada até o Rio Pojuca:

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

A partir do Restaurante tem outra trilha chamada Corredeiras que vai margeando o Rio Pojuca :

reserva sapiranga praia do forte bahia

Encontre as melhores opções de hospedagem na Praia do Forte, clique aqui.

Restaurante na Reserva Sapiranga

Em 2014, nossa escolha foi uma moqueca de peixe:

E os valores eram estes:

O único restaurante na Reserva Sapiranga é o Sabor da Natureza. O dono é o mesmo, sr Jorge. O atendimento também continua o mesmo, sempre hospitaleiro e simpático. O ambiente sem retoque, super agradável. A comida, super saborosa. O preço, sempre muda, rsrs.

Em 2021, nossa escolha foi uma moqueca de pitú que é um camarão de água doce, e pra variar, a moqueca estava deliciosa e serviu bem a 4 pessoas:

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

O restaurante não abre todos os dias. Geralmente, abre sexta, sábado, domingo e feriado. Por isso, seguem os números de contato que constam no cardápio:

reserva sapiranga praia do forte bahia

Atividades esportivas na Reserva Sapiranga

Além das trilhas, você pode alugar caiaques, fazer passeio de barco até a foz do Rio Pojuca (fizemos um passeio deste saindo do Restaurante Manguezal) e tem a tirolesa (não sei se tá funcionando). Ademais, vimos muitas ciclistas na Reserva Sapiranga.

A partir do Restaurante você acessa uma pequena cachoeira, mas super agradável. Caso queira ver o trajeto, assista o vídeo em meu canal do Youtube.

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

reserva sapiranga praia do forte bahia

Post publicado em 01/10/2014 e atualizado em Setembro/2021.

VEJA TAMBÉM

Castelo Garcia d’Ávila

Projeto Tamar 

Observação de baleias com a Portomar Turismo

Siga o blog Vaneza com Z nas redes sociais: InstagramFacebook, PinterestYoutube

4 COMENTÁRIOS

  1. Fui à reserva ano passado e a tirolesa ja estava em atividade, me desafiei e superei o medo, show de bola. O restaurante é simples mas agradabilíssimo, o caldinho q servem ali é delicioso. Bela vista, belo passeio e ainda bem perto da praia do Forte, com tempo dá pra esticar até a vila.
    CrisG.

  2. Que legal! Acho um lugar muito agradável pra curtir com família e amigos. Olha, eu não fui na tirolesa, mas deve ser emocionante. Minha irmã foi na semana retrasada e conheceu a Reserva, a vila e praia do Forte, só o castelo que tava fechado para eventos.

    Obrigada por comentar!

  3. Olá Dayse!

    A REserva é bem pertinho da Praia do Forte, fica quase em frente. sugiro que você combine na hospedagem transporte ida e volta pra que desfrute com tranquilidade do local.

    Que você tenha uma boa viagem, abraços!

Deixe seu comentário:

Por favor, comente!
Coloque seu nome