van gogh autoretrato

Desde que fiz um curso de estilismo e moda no Senac, me interessei pela vida e obra de Vincent Van Gogh. Um dos motivos era a sua maneira de transpor para telas os seus sentimentos com pinceladas grossas e marcantes e ao mesmo tempo cheia de cores. Por isso, em minha última viagem a Paris não poderia deixar de conferir a Exposição Imersiva de Van Gogh no Atelier Lumières. Imperdível!

autoretrato van gogh

BIOGRAFIA DE VINCENT VAN GOGH

 

1853

Vincent Willem van Gogh nasceu em Groot-Zunder, em Brabant, na Holanda. É o filho mais velho de um pastor protestante. Desde pequeno, Van Gogh tem interesse nas artes.

1869

Trabalhou na Casa Goupil como negociante de arte, assim tem intenso contato com o mundo artístico, sendo influenciado por Delacroix ( para o mundo das cores) e por Millet (para o mundo dos tons pastéis). Mas em 1876 ele é demitido.

1880-1881

Dedica-se a desenhar e pintar e daí volta a Bruxelas e depois segue para Haia,onde tem aulas com Anton Mauve que o aproximou ainda mais do mundo das cores e levando-o a descoberta da sua vocação colorista.

1883

Muda-se para Nuenen onde nasceram suas primeiras pinturas de camponeses e tecelões numa linguagem pictórica aprendida com Mauve e aplicada a observação da vida miserável das pessoas comuns.

camponeses van gogh

1886

Ao mudar-se para Paris, tem contato com grandes artistas, tais como, Toulouse-Lautrec, Èmile Bernard e na última exposição impressionista deste ano, aprofunda seus conhecimentos sobre as obras de Gauguin, Pissaro, Seurat e Signac.

Em 1887 realiza exposições no café du Tambourin e no Restaurante du Châlet Grand Bouillon e graças a esta última, conhece pessoalmente a Seurat e troca pinturas com Gauguin.

1888

Neste momento Van Gogh busca luz e cor e as encontra no sul da França, por isso se estabelece em Arles onde planeja montar um atelier com Bernard e Gauguin. Mas a convivência entre Van Gogh e Gauguin é complicada o que culmina em Van Gogh cortar a própria orelha. A partir daí, ele é internado, sofre várias crises e muda-se para um sanatório na cidade de Saint-Rémy em 1889. No entanto, embora esteja internado, este é um período produtivo para Vincent Van Gogh.

1890

Em seguida, deixa Saint-Rémy e vai para Auver-sur-Oise, onde é assistido pelo Dr. Gachet. Infelizmente, neste ano, Van Gogh se matou.

principais obras de van gogh

 

VINCENT VAN GOGH – PRINCIPAIS OBRAS

 

Período holandês

Neste momento ele é um artista contido, na dele, e suas pinturas representavam o cotidiano prosaico e  camponês. Por isso, simpatiza-se pelos mineiros de carvão e tecelões e busca retratá-los e torná-los conhecidos. 

Daí, nasce a famosa obra Comedores de Batata que vai além da técnica e carrega um profundo conteúdo moral. Ele escreveu a seu irmão Theo: “Falo, portanto do trabalho manual e de como eles ganharam honestamente a sua comida.”

comedores de batata van gogh
Comedores de Batata , Maio de 1885

 

Período parisiense

“E lembre-se, meu caro, de que Paris é Paris. Há apenas uma Paris e, embora seja difícil viver aqui e mesmo que isso se torne ainda mais difícil, ainda assim o ar francês limpa o cérebro e faz bem, faz um mundo de bem”, escreveu Vincent a seu amigo pintor Livens.

Inicialmente, influenciado pelas pinturas impressionistas, Van Gogh buscou clarear sua paleta de cores ao representar a natureza. Embora exaltasse Delacroix, uma das suas inspirações era Camille Corot e isso fica evidente na obra Os Telhados de Paris.

Além disso, ousou em pintar ao ar livre enfrentando a curiosidade dos transeuntes, daí resultou Le Moulin de la Gallete visto da Rue Girardon, que por sinal, eu mencionei no post do roteiro em Montmartre.

moulin de la galette van gogh
Moulin de la Galette, outono de 1886

LEIA MAIS –  Roteiro em Paris por Montmartre

 

Período arlesiano

Neste período o artista é seduzido pela busca da intensidade da cor influenciado pelas estampas japonesas. Ele deixa a atmosfera cinzenta de Paris e vai buscar nova luz nos campos do sul.

Sua grande influência é o artista Paul Gauguin com quem mora por algum tempo na chamada Casa Amarela. A princípio, a relação é de amizade e trocas artísticas, mas infelizmente os dois brigam o que resulta em Van Gogh cortar sua própria orelha. Em seguida, Gauguin volta a Paris e Van Gogh vai para um sanatório em Saint Remy.

madame ginoux van gogh
Arlesiana: Madame Ginoux. 1888.

 

memorias do jardim em etten
Memórias do Jardim em Etten. Novembro de 1888.

 

noite estrelada sobre o rodano van gogh
Noite Estrelada sobre o Ródano. 1888.

Van Gogh em Saint Remy de Provence

O artista chega ao sanatório em 8 de Maio de 1889 e com o consentimento dos médicos, pode pintar suas obras. E é nesta fase que ele transforma a realidade observada, por meio da emoção, retratando-a ao seu modo. Para Van Gogh, a natureza e a cor seriam para sempre os pilares da sua fé artística.

noite estrelada cipreste e vila van gogh
parte de Noite Estrelada (cipreste e vila). Junho de 1889

Em 1890 Van Gogh sai de Saint Remy e vai morar em Auver sur Oise, perto de Paris, do seu irmão Theo e do Doutor Gachet. Em 27 de Julho de 1890, Van Gogh se matou.

dr gachet van gogh
Dr Gachet, ali do ladinho …

 

campo de trigo com corvos
Campo de trigo com Corvos . Julho de 1890.

 

igreja auvers sur oise van gogh
Igreja Auvers sur Oise

Em vida, o artista só vendeu uma obra, sofria problemas psicológicos e foi ignorado. Van Gogh é um pouco de vários artistas que ele admirava e que influenciaram sua pintura. Mas é a busca da cor (em especial o amarelo) e suas pinceladas impulsivas, sua marca registrada.

 

EXPOSIÇÃO IMERSIVA NOITE ESTRELADA DE VAN GOGH NO ATELIER LUMIÈRES PARIS

A exposição traça os anos criativos de Vincent van Gogh através de projeções na sala, como vemos nas fotos acima. De paisagens ensolaradas a cenas noturnas, retratos de  naturezas-mortas, as obras-primas evocam o mundo interior de uma só vez desproporcional e poético do artista. Uma jornada visual e sonora (a trilha me fez chorar) que renova o olhar sobre a pintura e a riqueza cromática de Van Gogh.

Quando: até 31 de Dezembro de 2019 

Valor: 14,50 euros (vendas on line)

De fato, é emocionante. Não perca, e se puder, assista mais de uma vez!!!

expo imersiva van gogh paris

 

VAN GOGH – LIVROS, FILMES  E MUSEUS

Van Gogh, A Vida – um livro de Steven Naifeh e Gregory White Smith complementado pelo site

Cartas a Théo publicado pela L&PM Pocket

No Portal da Eternidade (2019), um filme com direção de Julian Schnabel

Com Amor, Van Gogh (2017), um filme com direção de  Dorota Kobiela e Hugh Welchman ( tem na Netflix)

Sede de Viver (1956), um filme de Vincente Minnelli

Museu Van Gogh em Amsterdam 

arte japonesa van gogh
enquanto vemos as projeções, somos embalados pela trilha sonora

No vídeo abaixo confira a experiência que a exposição oferece:

VEJA TAMBÉM:

Visite o Grande Arco do La Defènse em Paris

Como é a visita a Torre Montparnase em Paris

Conheça as Ilhas de Paris: Île de la Citè e Île de Saint Louis

Roteiro pelo eixo histórico de Paris: do La Defènse ao Louvre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *