quarta-feira, 7 de outubro de 2015

City tour em Salvador com a Tours Bahia

Um roteiro com as melhores atrações de Salvador para quem só tem um dia para conhecer o básico da cidade. Para alguns, Salvador é apenas uma cidade de passagem. Embora isto seja uma injustiça, confira o que ver em um dia em Salvador, neste city tour panorâmico oferecido pela agência Tours Bahia.



Como só temos um dia para conhecer a cidade, vamos direto ao que nos interessa e ver o que dá para fazer em um dia em Salvador. Este roteiro panorâmico por Salvador, começa no Pelourinho, mas você pode adaptá-lo a qualquer situação.

Agência Tours Bahia (casa verde) no Largo do São Francisco

  • Corredor da Vitória

Aqui encontramos árvores centenárias como os oitizeiros trazidos do Rio de Janeiro para arborizar a Avenida Sete de Setembro que completou 100 anos no dia 7 de Setembro de 2015 ( já falei dela aqui ). No Corredor da Vitória, temos museus importantes como: o Museu Geológico, Museu de Arte da Bahia (o primeiro museu da Bahia) e o Museu Carlos Costa Pinto. 

Corredor da Vitória e suas árvores centenárias. Ah, se toda Salvador fosse assim...
  • Igreja da Vitória

A Igreja de Nossa Senhora da Vitória, situada na praça Rodrigues Lima, largo da Vitória, em Salvador foi construída pelos portugueses no século XVI. A igreja, a segunda mais antiga do país, abriga um grande acervo de imagens barrocas da escola baiana do século XVIIIem seu altar.


  • Porto da Barra e Forte de São Diogo

Forte de São Diogo: também foi construído após as invasões holandesas, entre 1626 e 1635, para guarnecer a enseada da Barra que na época estava desprotegida. Foi construído num ponto mais alto do que o Forte de Santa Maria e sobre uma rocha, porém era vulnerável e seu sucesso dependia do Forte de Santo Antônio da Barra.

Praia do Porto da Barra. Ao fundo o Forte de São Diogo


  • Forte de Santa Maria

Não se tem uma data precisa da sua construção, mas o que se sabe, é que ele não existia durante a invasão holandesa em 1624. Possui arquitetura de influência italiana. Na porta de acesso, no alto, está o escudo com as armas do Império. Em fins do século XVII, sofreu reformas que lhe deram o aspecto atual.

Forte de Santa Maria

  • Forte de Santo Antônio da Barra

Este é um dos cartões postais da cidade e o mais antigo. Local onde Gonçalo Coelho, navegador português, teria estabelecido o padrão de posse em 1 de Novembro de 1501. A primeira estrutura foi erguida no governo de Manuel Teles de Barreto por volta de 1596. A planta é atribuída ao português Leonardo Torreani. Em 1696 quando recebeu o farol, passou a ser chamado de Vigia da Barra. Aqui funciona o Museu Náutico da Bahia e você pode subir o Farol e ter uma vista espetacular da Baía de Todos os Santos.

o belo Farol da Barra. Você já observou que há um brasão bem na frente dele? Pois é, a Gisela explica o porquê...
  • Dique do Tororó
O Dique foi possivelmente uma obra de engenharia dos holandeses que novamente invadiram Salvador em 1634/1635 e represaram as águas do Rio das Tripas. Historiadores ainda afirmam que o espelho d'água era muito maior do que o atual (110 mil metros quadrados), se navegava desde a Concha Acústica do Teatro Castro Alves. Imagine?!! Em 1937 o Dique é tombado pelo IPHAN por ser o único manancial natural dentro da cidade. Em seu entorno, contemplamos árvores belíssimas como a paineira, eleita árvore símbolo do local. Ao longo dos anos sofreu reformas e a botânica foi alterada grandemente, porém ainda hoje o que nos encanta é a vegetação e seu espelho d'água.

Público do Dique. O que significa tororó?

As paineiras com múltiplos objetivos: climatizar, paisagismo e diminuir o impacto visual das casa nas encostas ao redor do Dique

Orixás do artista baiano Tati Moreno e ao fundo o estádio da Fonte Nova

  • Shopping Liberdade

Depois, seguimos para o bairro da Liberdade que foi considerado o bairro com a maior população negra de Salvador. Este, sem dúvida, é um dos mais importantes bairros de Salvador. Pedi a Gisela que parássemos no Shop Liberdade. E o motivo? Esta vista magnífica:


Daqui vemos:


Feira de São Joaquim que também foi a feira de Água de Meninos e sofreu um incêndio na década de 1960. Ao fundo, o terminal marítimo de São Joaquim.

  • Casa Pia e Colégio dos Órfãos de São Joaquim 
Inaugurado em 12 de Outubro de 1825 e fundado por Joaquim Francisco do Livramento. Funciona até hoje como instituição de ensino em regime de internato admitindo somente meninos.

Casa Pia e Colégio dos Órfãos de São Joaquim


  • Igreja dos Mares, o estilo é muito evidente, o neogótico, construída entre 1930 e 1956.

Igreja dos Mares em estilo neogótico
Um roteiro de um dia em Salvador, não pode deixar de lado a Cidade Baixa que contempla a Ribeira, a Penha e o Bonfim.

  • Ribeira
Descemos do carro e ela me levou a uma casa velha, acabada, mas do século 17. Subimos uns lances de escada e chamamos " ô de casa". E lá vem um homem simples com um sorriso de boas vindas no rosto, Sro Prentice Carvalho, artista plástico que trabalha com pintura em azulejos e dá 200 anos de garantia em seu trabalho. Com simpatia, ele me mostra seus equipamentos de trabalho: o forno de lã de rocha, as tintas, os azulejos e suas obras. Seu trabalho tem mais de 60 anos. Sua obras estão espalhadas pelo mundo: em palácio de Marrocos, da Áustria, na Tunísia e vários outros. Fiquei encantada com trabalho de Prentice e voltarei lá para comprar uma de suas obras.

As lindas pinturas em azulejos de Prentice

Vem gente do mundo todo conhecer as pinturas de Prentice, principalmente levadas através de guias como a Gisela.

O grande artista Prentice

Que perfeição! Pintura, azulejos e dedicação.

  • Orla da Ribeira reformada recentemente e que está muito bonita. 
Ao fundo, Subúrbio ferroviário de Salvador

A orla da Ribeira



  • Sorveteria da Ribeira



  • Igreja da Penha 
Aqui ficou a imagem do Senhor do Bonfim enquanto a Igreja do Bonfim era construída.

Igreja da Penha
  • praia do Bogari
Trecho da Praia do Bogari. O homem deitado no chão, não é morador de rua, mas um gari que garante o serviço feito, rsrs.

Vista da Praia do Bogari para a Colina Sagrada



  • Igreja do Bonfim

A devoção ao santo " Anjo da Guarda" começou em Setúbal, Portugal em 1669. Quando Dom João VI fez uma promessa para a sobrevivência de seu pai e trouxe a réplica da imagem do Senhor Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia, começou em Salvador não só a construção da Igreja, mas a devoção aos santos. A igreja começou a ser construída em 1746 e foi terminada em 1754. Durante este tempo, a imagem do Senhor do Bonfim ficou na igreja da Penha, aquela que nós passamos.

Qual a importância daqueles azulejos? Quem pintou aqueles quadros com tamanha vivacidade? Como deu início a Lavagem da igreja? Sabia que esta festa popular é patrimônio cultural do Brasil? Tudo isso a Gisela explica com muito cuidado.




uma das igrejas mais visitadas do mundo

  • Igreja de Mont Serrat

Simples e recatada Igreja de Mont Serrat que tem sua fundação histórica um pouco controversa. Ora foi construída pela família Garcia d'Ávila. Ora por um militar espanhol. Não se sabe ao certo se foi doada aos beneditinos pela família Gracia d'Ávila ou pelo governo da época. Enfim, o que sabemos que este local é uma das passagens obrigatórias para qualquer turista e point do final de semana dos moradores da região.



Farol do Humaitá inaugurado em 1935


                 


Vista para o Hospital Couto Maia e a Pedra Furada

Igreja de Mont Serrat

  • Forte de Mont Serrat 
Sua construção foi concluída em 1742 no governo do vice-rei D. André de Melo e Castro. Durante a Sabinada (1837-1838), foi ocupado pelos revoltosos. Foi visitado em 1859 pelo Imperador Pedro II do Brasil.


Forte de Mont Serrat, considerado um dos mais bonitos do Brasil

Praia da Boa Viagem- Que vista, que mar, que cidade!
O que é imperdível tendo um dia apenas em Salvador?  Suas dúvidas acabaram! Se for possível, primeiro você faz o Tour Histórico e depois este Tour Panorâmico e daí termina o dia com este lindo pôr do sol na Ponta do Humaitá:


Depois deste Tour Panorâmico por Salvador, voltamos ao Pelourinho para fazermos o Tour Histórico, um roteiro de um dia apenas no Centro Histórico de Salvador.

Quanto a segurança, tudo ocorreu com a maior tranquilidade.


Largo do Cruzeiro de Sao Francisco, 4/6 
Centro Historico 
CEP: 40.020-280 
Salvador - Bahia - Brasil
Tels: (71)9617-8351 (71)9972-3284


Melhores bairros para se hospedar em Salvador:




Siga o Vaneza com Z em: 

Este serviço foi realizado mediante cortesia.

6 comentários :

  1. Respostas
    1. Oi Mari,

      Escrever sobre Salvador é uma honra.
      Não apenas conhecer, mas viver o que a cidade tem de bom.

      Muito obrigada!

      Excluir
  2. Lendo o post e curtindo o passeio junto. Amei.
    Parabéns pelo texto cheio de encantos e à maravilhosa Gísela!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gilbert!

      Muito obrigada. E a Gisela é nota mil!

      Abraços.

      Excluir
  3. Vaneza, bela (RE)imersão você me propicia neste post, já que estou há 4 anos emigrado em Sampa. Estimula-me a voltar em breve"voando" e (RE)viver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Getulio!

      Que legal que você gostou. Este foi um passeio que também me encantou e espero que você venha nos visitar em breve.

      Abraços!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...