segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Conheça Paulo Afonso, terra da energia

Este roteiro começa em Salvador no qual percorremos as cidades de Paulo Afonso, Canindé do São Francisco, Piranhas, Penedo e Aracaju. Passamos por três Estados. Cada um com suas peculiaridades. E a primeira parada é Paulo Afonso, a terra da energia. Bom, antes, paramos para um pequeno almoço em Jeremoabo e subimos a Serra de Santa Cruz que tem um visual bem bacana. Neste post você encontra informações sobre onde ficar, onde comer e o que ver em Paulo Afonso.









Saindo de Salvador:

de carro - um trajeto de 470 km feito em 7h através da BR 324, BA 093, BA 420, BR 110. Passando por: Catu, Alagoinhas, Inhambupe, Cipó e Jeremoabo. Estradas boas e bem conservadas, a BA 093 tem dois pedágios ( Simões Filho e Pojuca) de R$4,70 cada. Quando estiver próximo a Jeremoabo, suba de carro a serra de Santa Cruz e tenha uma vista linda do sertão baiano. Este trecho é todo asfaltado!

vista da BR 110 da serra de Santa Cruz

a igreja e ao fundo a cidade de Jeremoabo

de ônibus - empresa Regional que vende passagens pela internet. A duração da viagem é de 7-8h;

de avião - empresa Azul com dois vôos semanais. A duração da viagem é de 1:20h;




Dê uma pesquisada nestas opções:

Pousada Ilha Bela
Hotel Belvedere
Hotel Porthal da Ilha
San Marino Hotel

Escolhemos o Hotel Ilha Bela que recebeu a seguinte pontuação no Booking:

Booking.com

E de fato, o Hotel possui uma excelente localização num bairro tranquilo. Café da manhã saboroso e bem organizado. Garagem coberta. Móveis novos e quartos com bom espaço. Clique na avaliação para fazer sua reserva.


Assim que você chegar em Paulo Afonso e for dia, vá conhecer a Prainha. Lá tem vários bares e restaurante. Nós escolhemos o Rancho da Carioca e no TripAdvisor deixei minha avaliação do local, para ler clique aqui. Chegamos em Paulo Afonso por volta das 14h, e já estava na programação irmos à Prainha. No Rancho da Carioca, pedimos um caldo de camarão como entrada, tucunaré assado prato principal e um pudim de rapadura para sobremesa. Pudim excelente! A Prainha é um local agradável, mas eu não me arrisco em água parada, então fiquei só olhando.




A noite, nossos amigos Janderson e a Rosana nos levaram para experimentar o yakibode. Sim, yokissoba com carne de bode em algum lugar do centro que eu não lembro o nome. Muito bom!


A região de Paulo Afonso começou a ser habitada por bandeirantes portugueses, no início do século XVIII. Chefiados por Garcia D'Ávila, subiram o rio São Francisco e atingiram as terras onde hoje está localizado o município.

As expedições, que iniciaram em 1553 a penetração do rio São Francisco, estão ligadas a história da Cachoeira de Paulo Afonso. Nos séculos XVI e XVII, de acordo com os arquivos de Portugal e do Brasil, a Cachoeira era conhecida como "Sumidouro" ou "Forquilha", passando a ter a atual denominação após a concessão de uma sesmaria a Paulo Viveiros Afonso, através do Alvará de 3 de outubro de 1725.

Em 3 de outubro de 1725, o sertanista Paulo Viveiros Afonso recebeu, por alvará, uma sesmaria medindo três léguas de comprimento por uma de largura, situada na margem esquerda do rio, no lado alagoano, e que abrangia as terras da cachoeira, até então conhecida como Sumidouro.

Tempos depois, em 1913, Delmiro Gouveia, industrial e empresário da época, vislumbra com o potencial da região, e implanta um grande e ousado projeto, a primeira usina hidrelétrica do Nordeste, a Usina Angiquinho.

A partir da idéia do pioneiro Delmiro Gouveia, o então Presidente do Brasil, Getúlio Vargas assina o Decreto autorizando a organização da CHESF - Companhia Hidrelétrica do São Francisco, oficializada em1948 com a primeira Assembléia Geral de Acionistas. Em torno da CHESF nasce a o que viria a ser a cidade de Paulo Afonso, até então parte do município de Glória. Só em 1958 a nasce o município, através de sua emancipação política.

Delmiro deu a ideia, Apolônio aproveitou, Getúlio fez o decreto e Dutra realizou.




Núcleo de Atendimento ao Turista de Paulo Afonso


Caso você não tenha agendado com agência ou guia previamente, precisará ir ao NAT para contratar um, principalmente para conhecer a Chesf pois lá só entra com guia. O NAT fica bem perto da Praça das Mangueiras. Geralmente cobra-se 80 reais para até 4 pessoas, no carro do cliente, para o passeio da Chesf e city tour.

Endereço: Av. Apolônio Sáles, 125 - Vila Poty, Paulo Afonso - BA, 48607-230
Telefone:(75) 3281-2757

Igreja de São Francisco de Assis


Construído em 1949 sobre pequena colina, tem estrutura em pedra da própria região. A nave tem 90m2 e sua bancada de madeira comporta 60 pessoas. Na parede de fundo a imagem de São Francisco de Assis, o padroeiro da cidade, está impressa em alto relevo. Nas paredes laterais, as estátuas de São Judas Tadeu, Nossa Senhora da Conceição e de São José, além dos quadros que representam a via-crucis de Jesus. 


A imagem de São Francisco foi abençoada por Frei Celestino em visita à paróquia. O sino da igreja, que chegou em 1950 e logo ganhou fama pela excelente qualidade do som, foi doação do candidato a governador da Bahia, Lauro de Freitas, que faleceu em desastre de avião.

A igreja parece aquelas lojas que vendem chocolates, rsrs.

Monumento Touro e a Sucuri


Foi reformado recentemente. O local é limpo e possui guardas municipais no local para garantir segurança aos visitantes. A paisagem é composta por um lago que dá um belo contraste com as caraibeiras bem amarelinhas.

Não deixe de ler o significado do Touro e da Sucuri numa placa a frente do monumento. Muito interessante!


esta não é a explicação do significado do Touro e a Sucuri, e sim uma alusão ao poema de Castro Alves


Bem pertinho daqui, temos o Belvedere.


Belvedere de Paulo Afonso



O monumento comemorativo ao primeiro decênio da Chesf está localizado no Parque Belvedere. Foi uma homenagem dos trabalhadores da Chesf à sua primeira diretoria formada por Antônio José Alves de Souza, engenheiro e primeiro presidente da Chesf,  Adozindo Magalhães de Oliveira, diretor administrativo falecido no início das obras, Afrânio de Carvalho (substituto de Adozindo), Carlos Berenhauser Júnior, diretor comercial e Otávio Marcondes Ferraz, diretor técnico. 

O local é bem cuidado e florido. Possui um coreto com vista privilegiada para as barragens de Paulo Afonso e de Apolônio Sales. Não deixe de visitar!



comportas da barragem de Paulo Afonso vista do coreto do Belvedere

CHESF em Paulo Afonso



nosso querido amigo e guia Francisco
Com certeza este é o ponto alto da nossa visita a Paulo Afonso. E foi uma visita muito especial pois conhecemos o complexo acompanhados do Sr Francisco que trabalhou por muitos anos em vários setores da companhia e se aposentou pela CHESF. 


A Chesf foi criada durante o Estado Novo, pelo presidente Getúlio Vargas através do Decreto-Lei nº 8.031 de 3 de outubro de 1945, e constituída na primeira assembleia geral de acionistas, realizada em 15 de março de 1948. O complexo de hidrelétricas em Paulo Afonso é formado pela PA 1, PA 2, PA 3 e a PA 4.


Tem a missão de produzir, transmitir e comercializar energia elétrica para a Região Nordeste do Brasil. Atende tradicionalmente a oito estados do Nordeste (Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí). 


A Chesf é a maior geradora de energia elétrica do Brasil (dados de 2007), com 10.737.798 kW. Opera dez usinas hidrelétricas e uma usina termelétrica. A maior usina hidrelétrica construída do sistema Chesf é Xingó, com 3.162 MW de potência.


Farei um post só pra gente conhecer mais a Usina de Paulo Afonso e como nosso amigo Francisco chegou a trabalhar na CHESF.

Ponte Metálica Dom Pedro II


Quando saímos de Paulo Afonso rumo a Alagoas, atravessamos a Ponte sobre o Rio São Francisco que foi reformada recentemente e a vista que temos do local é linda. No sentido Bahia/ Alagoas, depois de passarmos pela ponte, é preciso estacionar num local que vende bancos e estofados, e caminhar sobre a Ponte para tirar fotos. Desta maneira é mais seguro.


é mais seguro estacionar aqui e seguir andando até a ponte para fotografar
Ponte metálica construída na década de 50,uma maravilha da engenharia, toda em metal encravada no belo canyon do Velho Chico.

Ponte Dom Pedro II por Jackson Lima

Outros atrativos que não tivemos tempo e/ou dinheiro para conhecer:

Cânion Raso da Catarina


Este era um passeio que desejávamos muito fazer, mas o valor não cabia em nosso orçamento. Custa 600 reais para até 4 pessoas em carro traçado 4x4 da empresa Kalango do Sertão (Nikolas (75) 98858-9199 / (75) 99225-0033 / (75) 99895-6051). Então desistimos. O Raso da catarina é um reserva biológica sob administração do ICMBIO e para entrar, é necessário autorização. De Paulo Afonso até a reserva gasta-se mais ou menos 2h de viagem. O passeio pode ser realizado pela manhã ou pela tarde.

Passeio de Catamarã Raso da Catarina

Serra dos Umbuzeiros

Cooperativa de tear em Malhada Grande

Casa de Maria Bonita


Turismo de aventura em Paulo Afonso


O cânion tem sido palco de provas e campeonatos de canoagem. Na Prainha de Paulo Afonso na Copa Vela, acontecem também provas náuticas principalmente com os barcos da classe laser e hobie cat e de jet-ski. Os turistas amantes da aventura e adrenalina ainda podem praticar e acompanhar atividades como MotoCross, SuperCross, Bicicross, Rally. A região também é rica em espaços para a prática de rappel, tiroleza e outros esportes de aventura.


  • se você mora em Salvador, não deixe Paulo Afonso de fora do seu roteiro. Conheça o Cânion do Xingó a partir de Paulo Afonso e faça um roteiro até Penedo;
  • para isso, reserve uma manhã para conhecer a Chesf e o centro de Paulo Afonso. A tarde, vá ao Restaurante Karrancas, em Canindé do São Francisco ( Sergipe) de onde partem os catamarãs para o Cânion do Xingó. O catamarã parte as 14h;
  • depois deste passeio no Cânion, durma em Piranhas e na manhã seguinte faça a Rota do Cangaço que sai do porto da cidade as 9h;
  • há um passeio de catamarã que sai de Paulo Afonso e permite ver a Ponte Metálica. Vá ao Núcleo de Atendimento ao Turista e se informe;
  • as estradas estão em excelente estado e não há perigo em dirigir a noite. Apenas ter atenção com animais na pista, algo bem comum no Nordeste do Brasil;
  • se você deseja contratar o serviço de alguma agência, acesse o site da Prefeitura de Paulo Afonso.



  • de Salvador até Caraíva de carro: Itacaré, Canavieiras, Porto Seguro, Arraial d'Ajuda.
  • de Salvador até Recife descendo pelo Litoral de carro: Maragogi, Barra do Santo Antônio, Maceió, Aracaju.
  • de Salvador até Sertão Baiano de carro: Caldas do Jorro, Euclides da Cunha, Canudos
  • de Salvador à Chapada Diamantina de carro: Ibicoara . Lençóis, Palmeiras, Mucugê, etc.
  • de Salvador ao Oeste da Bahia: Ibotirama, Barra, Xique Xique e Morro do Chapéu
  • Atrativos da BA 001: Valença, Camamu, Ilhéus, Canavieiras;
  • Atrativos da BA 099: Estrada do Coco/Litoral Norte da Bahia;
  • City Tour Panorâmico em Salvador;
  • de Salvador à Foz do Rio São Francisco: Paulo Afonso, Piranhas, Penedo, Piaçabuçu e Aracaju;

  • Siga o Vaneza com Z em:


    O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com uma das empresas/ serviços citados no texto.

    2 comentários :

    1. Gostei desse roteiro... vou aproveitar que moro em Aracaju e agora nas férias das crianças tentar fazer. excelentes dicas.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Adailton!

        Aracaju tem localização privilegiada. Possibilita vários roteiros.

        Aproveite bem.

        Obrigada pela visita e pelo comentário!

        Excluir

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...