Ouvir boa música e ter como cenário a própria natureza. É isso o que o
público poderá desfrutar no Festival de Jazz do Capão. O evento, que
está em sua 5ª edição, será realizado nos dias 18 e 19 de setembro, no
Vale do Capão, município de Palmeiras, a 440 km da capital baiana.
Durante os dois dias, a região cercada por rios, cachoeiras, cavernas e
morros contará com workshops e apresentações musicais de artistas locais
e nacionais.

Idealizado pelo músico Rowney Scott, que também é curador e diretor
artístico do evento, o Festival acontece desde 2010. Toda programação é
gratuita e inclui a realização de workshops, onde o público interessado
poderá interagir com os artistas. O Festival de Jazz do Capão conta com o
patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Cultural, e do
Fundo de Cultura da Bahia. A realização e produção é da Gil e Canella
Produções.

O pianista Ricardo Castro abre a programação musical do Festival com
um concerto solo, no dia 18 de setembro, às 19 horas, no Circo do Capão.
Na mesma noite, a partir das 20h30, subirão ao palco da Praça, o
multi-instrumentista chileno radicado na Bahia, Jorge Solovera, o
trompetista Joatan Nascimento, acompanhado do seu sexteto, com o
show Back To The 70’s, além de grupos locais, como o Coral do
Capão, Bando Passarim e Elixir Tafari, que integram a “Mostra Capão”.

 Segundo Rowney Scott, a edição deste ano traz como novidade a
realização de shows dentro do Circo do Capão, até então realizados
apenas na praça principal. “Além dos tradicionais workshops, resolvemos
levar alguns dos shows para o circo. Serão apresentações mais
intimistas, trabalhos artísticos que exigem mais silêncio e
concentração”, afirma.
 
O diretor artístico do Festival informa que os concertos realizados
no espaço acontecerão sem atrasos, às 19h. “É importante que as pessoas
cheguem cedo, depois de iniciado o concerto, a entrada do público ao
local não será permitida”, explica.

O Festival de Jazz do Capão já foi palco para atrações, como Hermeto
Pascoal, Toninho Horta, Ivan Lins, Naná Vasconcelos, Orkestra Rumpilezz,
dentre outros nomes de peso da música brasileira.
Confira a programação:


A questão ambiental é fundamental para os organizadores do Festival.
Eles chamam atenção para a importância da preservação da natureza e o
respeito à cultura local e recomendam que as pessoas utilizem guias
cadastrados para fazer trilhas, não façam fogo na região nem joguem lixo
no chão.  “O Festival tem que ser uma coisa boa para o Capão como um
todo, buscamos conscientizar o público e reduzir os impactos
ambientais”, defende Rowney.




Serviço

O QUÊ: Festival de Jazz do Capão – 2015
QUANDO: Sexta e sábado, 18 e 19 de setembro
ONDE: Vila (praça) e Circo do Capão (Vale do Capão)
QUANTO: Programação gratuita

 
*Matéria de Carol Campos, extraída do Guia da Chapada. 

* Fotos retiradas da fanpage do evento. 

Como chegar na Chapada Diamantina clique aqui e aqui.
Onde se hospedar no Vale do Capão ou Palmeiras, clique aqui e aqui.
 
Em Campos de São João, um povoado no município de Palmeiras, ficamos há uns 2 anos na Pousada Campos de São João ((75) 3332-5023 (75) 9159-3388). Local simples e agradável. Fomos bem recebidos pelo Sro Noel e Jacira que tem uma mão divina e fez maravilhas na cozinha para nosso café da manhã. Pagamos R$120 em um quarto triplo.


O acesso precisa de atenção pois fica bem na curva depois do Morro do Pai Inácio.



Empresa de ônibus: Real Expresso
Outros posts da Chapada Diamantina

Siga o Vaneza com Z em:
Pinterest
Facebook
Google+
You Tube 

O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com as empresas/ serviços citados no texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *