Este post faz parte da Blogagem Coletiva #viajandonasquatroestações onde vários blogueiros dão dicas e relatam como é curtir uma determinada estação do ano em um destino. Vamos conferir dez sugestões do que fazer em Salvador no verão ( ou talvez em qualquer época do ano). Tem coisas grátis que você pode fazer aqui em Salvador e se divertir muito.

Você terá duas opções: ou sentar na grama e curtir o momento junto com a galera, ou entrar no Forte da Barra, visitar o Museu Náutico e ter um pôr do sol exclusivo. Prefiro a segunda opção. Chegue cedo e caminhe do Cristo ao Farol e veja o céu em vários tons e toda movimentação de crianças, turistas e esportistas.
Calçadão da Barra


camarote na grama

camarote no Forte

2- Banho de mar no Porto da Barra.

Estava de férias em Janeiro deste ano e marquei com uma amiga que não deixaria passar esta oportunidade. E assim, fomos para extensão de areia que fica entre o Forte de Santa Maria e o Farol, que é mais tranquila. Água morninha e de quebra um pôr do sol incrível. Aos finais de semana é muita gente, prefira ir de segunda a quinta.
nossa extensão de areia escolhida

água morninha….oh delícia!
Há muitos anos que rola as jam sessions no Museu de Arte Moderna, que fica na Avenida Contorno. É uma localização ruim, assim vá de táxi, mas não irá se arrepender. O valor do ingresso é quase nada em relação a qualidade do som: R$8. E de quebra uma vista belíssima para a Baía de Todos os Santos. Só funciona aos sábados e nem todos. Por isso, acesse a fanpage da JAM no MAM e fique atualizado.


Pois é, a maior atração de Salvador se conhece a pé, sem gastar um centavo. Durante o verão, há várias apresentações de rua, feiras e exposições gratuitas. Há muitos turistas na rua, o que dá um ar ainda mais festivo e alegre a sua visita. Parece que o baiano está em festa a todo momento. E se você se cansar, sente se nas escadarias da Fundação Jorge Amado e assista a apresentação de percussão. Você pode passar quase o dia todo ali, mas vá de preferência ao meio dia, almoce por ali, caminhe, visite museus, igrejas, compre lembrancinhas e termine na Praça Municipal apreciando um belo pôr do sol.

pôr do sol visto do Elevador Lacerda
É aqui que você pode terminar seu dia de turista, mas também pode começar por visitar um dos monumentos que considero mais bem preservado em Salvador. Quando fui fiquei impressionada com tamanha beleza deste local cheio de história e com uma das vistas mais belas para a Baía de Todos os Santos. No dia em que fui, havia visitação guiada gratuita. Fácil de achar: na Praça Tomé de Souza ou Municipal.

Pode ser em passeio privado ou saindo do Centro Náutico da Bahia. Pode ser entre amigos ou junto com outros turistas. O importante é ter a oportunidade de conhecer uma das mais belas Ilhas da nossa Baía. A Praia de Guadalupe tem selo de qualidade e bandeira azul. Vale conhecer! 
Praia de Loreto
E de preferência aos domingos. Parece um ritual soteropolitano. As famílias vão em peso para a orla da Ribeira, ainda mais agora que está reformada. A sorveteria é emblemática, já passaram diversas celebridades por aqui, mas não tem frescura não. A fila anda bem rápido, quem demora mesmo, são os clientes para escolher um sabor, dentre centenas. Mas, não fique só no sorvete não, caminhe pela orla. Ah, e o sabor que mais gosto é o de amarena.

Mais um pôr do sol de arrasar! Este é o que mais gosto pelo fato de não haver nenhuma interferência entre o telespectador e a hora mágica. E se você for aos finais de semana verá que é gente que não acaba mais. Muitos fotógrafos aproveitam para fazer ensaios neste local.
Não preciso dizer que este é o momento mais disputado

Fui no outono com amigos e era um dia cinzento, mas o ambiente é super agradável e a vista sem comentários. A localização do restaurante é sobre o mar da Baía de Todos os Santos e o almoço executivo que é oferecido com entrada+ prato principal + sobremesa por R$57,90, não é caro. Assim, espero poder voltar no verão com um dia lindo de sol.


A orla de Salvador, está toda reformada e tem sido muito utilizada pela população e visitantes. Você pode caminhar da Sereia de Itapuã até o Largo de Cira, do acarajé. Passe pela estátua de Dorival Caymi e tire uma fotinha com ele, rsrs. Depois se delicie com um dos melhores acarajés de Salvador, sentado embaixo de uma amendoeira no Largo. Se quiser passar mais tempo por ali, em frente, tem o restaurante Villa Baiana.

E para finalizar as 10 sugestões do que fazer em Salvador no verão, deixo um conselho na questão segurança em Salvador: andar simples, sem objetos de valor e evitar locais ermos. 
Confira também outras estações pelos quatro cantos do mundo com estes blogueiros super feras:
– Destinos por onde andei… – Primavera em Nova York 
– Por aí com os Pires – Flórida no verão
– Família Viagem – As cores do outono em Seattle
– Foco no Mundo – Como sobreviver ao inverno europeu
– Cantinho de Ná – Como é New York na primavera
– Viagens que Sonhamos – Inverno na Serra Gaúcha
– Mochilão Barato – Mochilando no Inverno Europeu
– Viagens Invisíveis – Inverno em Malta, vale a pena?
– Viajando em Familia – Orlando no Verão ou Inverno?
– Pequeno Grande Mundo – Em Manaus é verão o ano inteiro
– Destino Mundo Afora – Inverno na Serra Catarinense 
– The Nat’s Corner – Verão Europeu: O Que Levar na Mala
– Uma Senhora Viagem – Dois Outonos Diferentes na Europa
– Baianos no Polo Norte – 10 motivos para visitar Toronto no verão
Siga o Vaneza com Z em:
O blog Vaneza com Z  não possui parceria/ convênio com uma das empresas/ serviços citados no texto.

Comments

  1. Oi Vaneza,
    Você me deixou cheia de saudades da minha Bahia e com água na boca vendo as fotos da moqueca e do acarajé de Cira.
    Todo mundo que vai a Salvador precisa ir no verão mesmo, que é tudo de bom. Adorei o post!
    Beijos

  2. Tenho que admitir que conheço menos o Brasil do que eu deveria: Salvador só conheci no Carnaval (ou seja, não conheci nada!). Salvei o post aqui como referência da cidade sob os olhos de quem entende 🙂 Espero 'gastar' as dicas logo!

    1. Olá Camila!

      Pra iniciante, você começou no "pique", rsrs… que tal uma segunda chance pra Bahia? Aguardo você e qualquer coisa é só chamar, não sou muito expert não, mas dá pra quebrar o galho, rsrs.

      Abração querida e obrigada por comentar!

    1. Oi Ana!

      Me parece que há uma explicação geográfica sobre o nosso pôr do sol… Mas a sensação de assistir a este espetáculo é inexplicável, rsrs… os olhos brilham e o coração pula de alegria. Quando vier pagar a dívida, é só me chamar.

      Forte abraço e obrigada por comentar!

  3. Maravilhosas fotos ! quase peguei garfo e faca para comer essa moqueca !!! Só visitei Salvador uma tarde, bem rapidinho e preciso voltar. Nossa terra é muito linda em qualquer estação. Adorei conhecer o blog ,já estou te seguindo por aí,beijocas

  4. Quando era mocinha, várias amigas iam de férias a Salvador e eu ficava com uma vontade de ir também, mas não tive a oportunidade!! Agora a vontade voltou!! 😀 Algum dia irei e claro que vou pesquisar pelo seu blog! Lindas fotos!! Abraço!

    1. Olá Lidiane!

      A Bahia sempre esteve nos planos de férias de alguém. Sempre vou em algum lugar e quando digo que sou baiana, ouço histórias de viagens de quem visitou a cidade.
      Quando vier, será bem vinda.

      Obrigada pela visita e pelo comentário.

      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *