o que fazer em salvador

Você decidiu visitar a capital da Bahia e chegou a hora de listar o que fazer em Salvador, então neste super post você encontrará várias dicas para montar seu roteiro . Nos últimos anos, a cidade passou por várias reformas que mudaram a cara de Salvador. Além disso, novos lugares surgiram como opção de lazer, por isso confira o que há de melhor por aqui. Vamos lá?!

 

O QUE FAZER EM SALVADOR – ORLA

Nossa orla possui 60 km de extensão e vem passando por várias reformas. Portanto, vamos desbravar desde a Praia do Flamengo até o Subúrbio da cidade.

o que fazer em salvador
Orla de Salvador

Praia do Flamengo

Com um público mais jovem, esta praia possui barracas com boa infra estrutura como a famosa Barraca do Lôro e o Pipa Beach Club.  Embora não seja das mais bonitas, a praia é bem agradável e de fácil acesso.

Stella Mares

Continua na mesma linha da praia anterior, porém com dois grandes hotéis/resort, o Grand Hotel Stella Mares e o Catussaba.

Itapuã

Esta é a famosa praia cantada em versos de Dorival e Vinícius. Sou privilegiada por todo sábado passar por aqui. Aproveite a manhã, para dar uma caminhada do Farol até a Sereia e tire uma foto com Dorival e Vinícius. Para banho, a mais frequentada é a praia da Rua K ( atual Rua da Música).

Se aventure no tabuleiro de Cira e prove as melhores iguarias baianas. Curta um sambinha aos finais de semana no Largo de Cira enquanto se delicia com um acarajé. E passe uma verdadeira tarde em Itapuã.

Aproveite as inúmeras opções de bares e restaurantes que se encontram nesta região: Villa Bahiana, Mistura, Cathedrall, Casa di Vina, Cabana do Carlinhos, Parrilla do Farol, Ki Mukeka, El Carreiro, Pizzalinha, Touro Louco e muito mais . Sem dúvidas, você provará o melhor da gastronomia baiana sem sair desta região.

Se estiver hospedado por aqui e  for utilizar transporte público, exercite a paciência, caso contrário, utilize táxi. Cuide da sua segurança, por isso ande simples e sem nada de valor.

” Vaneza, você recomenda a Lagoa do Abaeté?” Não!

o que fazer em salvador
tabuleiro de Cira em Itapuã

vila jardim dos namorados

Um complexo gastronômico inaugurado em 2018 que reúne alguns restaurantes da culinária contemporânea e hamburguerias. Alguns dos estabelecimentos que estão por lá: Supreme, Caranguejo da Vila, Tempero de Casa, Pai Inácio Beach, Ushuaia e Acqua. Vale a pena levar a família pois o ambiente é organizado e agradável.

LEIA MAIS EM: Restaurantes com vista para o mar em Salvador

 

Rio Vermelho

Considerado um bairro boêmio e de clima animadíssimo que as vezes parece festa de largo. O melhor horário? Finalzinho da tarde.

Primeiro, vamos ao Largo da Mariquita que divide nossa atenção com o Largo de Santana, onde fica o tabuleiro de Dinha. Em seguida, vem o recém reformado Vila Caramuru, no Mercado do Peixe, que reúne vários restaurantes. E por fim, destacamos : Boteco do França, Shanti Restaurante, Salvador Dali, Isola dei Sapori, Bottino, Di Lucca, Blue Praia ( na praia do Buracão) e muito mais!

O Rio Vermelho é lindo de fotografar, por isso não pode faltar aquela imagem da casa dos pescadores, do casal Zélia e Jorge com o cachorrinho, da Igreja de Santana e do pôr do sol da orla que alcança o Morro da Paciência com sua prainha estreita e frequentadíssima pelos moradores aos finais de semana.  Se quiser deixar mais cultural sua visita, tem a Casa de Jorge Amado na Rua Alagoinhas.

Ou seja, se você se hospedar por aqui, aproveite a noite do Rio Vermelho!

o que fazer em salvador
a noite animada do Rio Vermelho

CIRCUITO BARRA/ONDINA

 

Ondina

O destaque vai para as hospedagens com uma boa relação custo benefício. Quanto a praia, tem uma faixa estreita de areia bem de junto ao Ondina Flat e o trecho da orla foi todo reformado recentemente.

Barra

Visto que alguns  dos principais atrativos da cidade encontram-se aqui, em um dia você conhece a Barra e o Pelourinho. Nos demais dias, você explora os arredores de Salvador.

Comece no Cristo e caminhe até o Farol da Barra observando a movimentação do mar e das pessoas por ali. Se quiser, conheça o Museu Náutico, suba o Farol e tenha uma vista deslumbrante da Baía de Todos os Santos. Vale muito a pena!

Continue o passeio até o Porto da Barra e se você não visitou o Museu Náutico, visite a exposição de Pierre Verger ( no Forte Santa Maria) e a de Carybé ( no Forte São Diogo).  A visitação externa dos Fortes é gratuita, mas as exposições custam 20 reais, um bilhete válido para os dois locais e que podem ser visitados em dias alternados. As quartas, a visita é gratuita.

LEIA MAIS EM: Como é a exposição de Pierre Verger no Forte Santa Maria

Finalize com um belo banho nas águas mornas e claras do Porto da Barra apreciando um lindo pôr do sol. Se quiser algo mais alternativo e profundo, tem o mergulho com cilindro feito pela Galeão Sacramento.

Para comer e beber, opções não faltam. Pode ser o tradicional Barravento, o Pereira Café, os bares do Bahia Flat ou do Farol Praia Center, o recém inaugurado Mirante do Forte São Diogo, ou o agradável Veleiro no Yatch Club. Pois bem, hospedando-se por aqui, estarás em casa!

o que fazer em salvador
pôr do sol de respeito no Porto da Barra

Corredor da Vitória

Área nobre e elitista de Salvador. Ao longo desta avenida, encontram-se os principais museus de Salvador, sendo o MAB (Museu de Arte) o primeiro da Bahia, seguido do Museu Geológico, o Palacete das Artes e o Museu Carlos Costa Pinto. Mas fique atento, só abrem pela tarde.

Ao lado da Igreja da Vitória tem novidade: um mirante lindo para a Baía de Todos os Santos e pra Vila Brandão, mais pra frente vou falar dela.

E o Corredor da Vitória é assim, depois de curtir a praia da Barra, pede uma visita ao  museu, uma pausa para o café na Doces Sonhos, ou na Fredíssimo ou no CoffeTown ou um almoço no Solar Gastronomia no Palacete das Artes. Então, faça tudo sem pressa.

LEIA MAIS EM: Museus de Salvador

o que fazer em salvador
Solar Gastronomia no Palacete das Artes

avenida contorno

Aqui fica o MAM ( Museu de Arte Moderna) que tem recebido grandes exposições nacionais e onde rola a JAM no MAM, uma bela apresentação de jazz, sob as cores do pôr do sol, aos sábados, as 18h. Assim, acompanhe as redes sociais da JAM e veja programação atualizada. Para ir e voltar com segurança, utilize táxi.

E por falar no MAM, ali perto encontramos a Comunidade do Solar do Unhão  e a Gamboa de Baixo. O local foi estigmatizado pela violência, mas com o tempo, a comunidade se uniu e vislumbrou inserir-se no roteiro alternativo de Salvador e conseguiu! Mais pra frente falarei disso.

LEIA MAIS EM: JAM no MAM programa imperdível

o que fazer em salvador
Solar do Unhão – MAM

O QUE FAZER EM SALVADOR – CENTRO HISTÓRICO

 

Pelourinho

Comece pela Praça Municipal, onde fica o Elevador Lacerda, e admire a nossa Baía de Todos os Santos. Se o Palácio Rio Branco estiver aberto, entre, é grátis! Em seguida, vá em direção ao Terreiro de Jesus, reformado recentemente e caminhe pela ruas, ouça os tambores, perceba o modo de ser do soteropolitano, sinta os sabores que só a Bahia tem. Ah, lembrei agora! Tem a Casa do Carnaval da Bahia na Praça Ramos de Queirós, atrás da Catedral Basílica.

Ainda que você não seja muito ligado em história, faça uma pesquisa prévia sobre o Pelourinho e tire suas dúvidas com um bom guia de turismo. Por isso, recomendo um city tour pelo local. Mas se você não quiser contratar um passeio, eu tenho um post aqui prontinho com os principais pontos turísticos do Pelourinho.

LEIA MAIS EM: City Tour Histórico em Salvador

Cansado de bater perna no Pelô e quer comer algo? Pois bem, aqui não faltam excelentes opções. A primeira escolha é o buffet livre do Restaurante Senac, mas confira um post completíssimo já publicado sobre onde comer no Pelourinho.

LEIA MAIS EM: Onde comer no Pelourinho e Santo Antônio Além do Carmo

o que fazer em salvador
turistas na escadaria da Fundação Jorge Amado observam os percussionistas

Santo Antônio Além do Carmo

Já conhece o Pelourinho? Então siga para além das portas do Carmo, pois assim era conhecida esta região. Entre em galerias de arte, como a do Boqueirão, tome uma cervejinha no Bar Cruz do Pascoal e aprecie o pôr do sol no Cafelier. No entanto, o Santo Antônio tem muito mais a ti oferecer. Faça isso no período da tarde e  você vai se surpreender!

LEIA MAIS EM: Conheça o Santo Antônio Além do Carmo

 

O QUE FAZER EM SALVADOR – CIDADE BAIXA

 

Ribeira

Considero umas das áreas mais lindas de Salvador pela geografia que ali se apresenta. Começando da Avenida dos Tainheiros com o recém inaugurado Museu do Sorvete no Solar Amado Bahia e ao lado a arte de Prentice, um azulejista de mão cheia.

Seguimos pela orla e experimentamos um novo sabor na Sorveteria da Ribeira, mas se você quiser, faça antes a travessia de barco e almoce no restaurante Boca de Galinha (só aceita dinheiro) que fica no bairro de Plataforma e retorne à Ribeira e continue em direção a Praia do Bogari. Repare na colina sagrada com a Igreja do Bomfim no alto.

Pra fechar literalmente com chave de ouro, assista ao pôr do sol mais bonito da cidade, na Ponta do Humaitá, que foi reformada recentemente. Sim, eu já disse que Salvador mudou e muito!

LEIA MAIS EM: Roteiro pela Cidade Baixa e Subúrbio e Roteiro Cidade Baixa finalizando na Ponta do Humaitá

o que fazer em salvador
vista da Ribeira para a Colina Sagrada e as torres da Igreja do Bomfim

ILHAS DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

 

Sobrou tempo no seu roteiro? Vamos então visitar algumas Ilhas da Baía de Todos os Santos:

Ilha dos Frades

Esta deve ser a número um da sua lista, um dos motivos é a beleza e a infra estrutura do local. A praia de Nossa Sra de Guadalupe possui bandeira azul pela qualidade da água. Lá tem o famosíssimo Restaurante Preta ( só com reservas) que funcionava na Ilha de Maré.

LEIA MAIS EM: Ilha dos Frades – como chegar, onde ficar, o que ver

Ilha de Itaparica

Dá para fazer um bate volta até a cidade de Itaparica e beber água na Fonte da Bica, a única fonte hidromineral a beira mar das Américas. Saia cedinho de Salvador, atravesse de lancha por Mar Grande e curta o dia em Itaparica.

LEIA MAIS EM: Roteiro de 4 dias na Ilha de Itaparica

Ilha de Bom Jesus dos Passos

Você já visitou diversas vezes Salvador e ainda não conhece este lugar? Então a oportunidade é agora. Basta ir até Madre de Deus e pegar um dos barcos que fazem a travessia regularmente. O lugar é simples e acolhedor.

LEIA MAIS EM: Ilha de Bom Jesus – como chegar, onde ficar e o que ver

Ilha de Maré

Não é toda cidade que tem uma Ilha com uma praia de águas cristalinas e de fácil acesso. Basta ir a Base Naval de São Tomé e pegar um barco que custa 5 reais por pessoa. Faça este passeio no verão e leve a família.

LEIA MAIS EM: Ilha de Maré – como chegar, o que ver e onde ficar

 

o que fazer em salvador
a belíssima praia de Nossa Sra de Guadalupe em Ilha dos Frades – bandeira azul

BATE VOLTA SAINDO DE SALVADOR

 

Os arredores de Salvador oferecem uma infinidade de passeios. Seja o Litoral Norte, seja as Ilhas já mencionadas ou o Recôncavo Baiano  e adianto que Morro de São Paulo não é bate volta …

LEIA MAIS EM: Opções de bate volta saindo de Salvador

 

PASSEIOS ALTERNATIVOS EM SALVADOR

 

Eis algumas opções para quem já veio a Salvador várias vezes e acha que já conhece tudo (nem eu que tenho 33 anos nascida, criada e vivo aqui).

 

Subúrbio

Uma região privilegiada banhada pelas águas da Baía de Todos os Santos. Aqui você saboreia uma deliciosa moqueca por um precinho e curte uma praia bacana que chamam de Caribe soteropolitano que fica na Ilha de Maré.

 

Vila Brandão

Comunidade vizinha ao Yatch Clube da Bahia e com vista privilegiada pra baía de Todos os Santos. Para visitar, entre em contato através do perfil instagram da Vila Brandão e agende sua visita. Aproveite e conheça o restaurante Cantinho da Jô, um dos participantes do concurso  Panela de Bairro.

 

Solar do unhão e Gamboa

Quando mencionei o jazz no MAM, acima no post, citei esta comunidade que fica nas encostas da Avenida Contorno. Destaque para dois restaurantes que estão bombando, o Rê Restaurante da Dona Suzana (071 3328-2056 ou 98795-7666) e o Bar da Mônica. Além disso tem passeio de barco saindo da prainha do Solar do Unhão e proporciona outro visual da cidade. Veja indicação de barqueiros no perfil do instagram do Bar da Mônica.

 

Feira de São Joaquim

A maior feira livre de Salvador possui aspectos culturais e gastronômicos bem peculiares. Vende-se das frutas a artigos religiosos. Animais vivos e abatidos. Veja como é feita a massa do acarajé e sinta o verdadeiro cheiro das especiarias. Considero esta feira um paraíso para os fotógrafos e um mergulho no cotidiano soteropolitano.

LEIA MAIS EM: Feira de São Joaquim – uma feira de sabores e cores

o que fazer em salvador
Praia de São Tomé de Paripe no Subúrbio de Salvador

FESTAS POPULARES E ENSAIOS DE VERÃO EM SALVADOR

 

Se você quer conhecer as festas populares de Salvador  e os ensaios de verão, clique aqui para saber o calendário.

As festas começam em Dezembro e vão até um pouco depois do Carnaval e por falar nele …

 

COMO É O CARNAVAL EM SALVADOR

 

É considerada a maior festa de rua do mundo. Ultimamente tem sido muito criticada (inclusive pelos próprios artistas) pois a sua essência se perdeu faz tempo. Porém continua sendo uma das atrações de Salvador.

Eventos pré carnavalescos como Fuzuê e Furdunço tem agradado mais aos soteropolitanos que o Carnaval em si. Sem contar que outras cidades brasileiras tem oferecido carnaval de rua mais tradicionais que o de Salvador, e assim tem atraído uma multidão de foliões.

Neste período tudo fica extremamente caro ( principalmente hospedagem) e nem adianta pesquisar com antecedência. Para diluir os custos, venha em grupo e por questão de segurança, escolha os blocos mais renomados e/ou camarotes. Não deixe de contratar um serviço de transfer, como por exemplo da Transfer Vip Salvador.

 

COMO IR DO AEROPORTO AO CENTRO DE SALVADOR

 

Se quer economizar, utilize ônibus e metrô. Porém o metrô não serve para quem vai para Orla, Barra e Pelourinho ( para estes locais você pode utilizar o ônibus). Mas é uma ótima opção para quem sai do Aero direto pra Rodoviária, só gasta 20 minutos. Se estar em grupo, contrate um transfer. Se quiser rapidez e conforto, utilize táxi ou Uber.

Lembra que eu falei que a Barra é o melhor local para se hospedar? Então, da Barra você vai para o Pelourinho, Rio Vermelho, Itapuã, Cidade Baixa e Aeroporto, usando apenas transporte público.

LEIA MAIS EM: Como ir do aeroporto ao Centro de Salvador

E aquele ônibus panorâmico de turismo vale a pena? Vale se você se hospedar próximo a um dos locais de saída e tem apenas um dia para conhecer a cidade. Confira roteiro e locais de partida no site do Salvador Bus.

o que fazer em salvador
o metrô de Salvador não abrange toda a cidade

QUAL A MELHOR ÉPOCA PARA VISITAR SALVADOR

 

Vou ser bem sincera nesta questão: quando te der vontade! Mas tudo depende do seu interesse. Se você quer festas, praias, ensaios, a oportunidade é no Verão ( Dezembro a Abril). Se você quer usufruir das praias, da boa comida, do pôr do sol encantador, de dias mais tranquilos, a oportunidade é na “baixa” temporada ( Junho a Setembro). E os melhores meses são Maio, Outubro e Novembro, pois estes oferecem dias lindos de sol e ainda estamos na baixa estação, por tanto preços em conta.

Mas e as chuvas? Olha, isso não é tão previsível. O inverno pode ser chuvoso, principalmente no interior do Estado. Mas na capital, o tempo muda rápido e pode fazer dias de sol que nem parece que é inverno. O que você pode programar é passar mais dias em Salvador durante o inverno.

o que fazer em salvador
mês de Agosto é dos ventos, mas você pode encontrar um dia assim

ONDE SE HOSPEDAR EM SALVADOR

 

Se for pra economizar, hostel e Airbnb. Se for passar poucos dias, fique na Barra ou Pelourinho para não perder tempo. Se for para passar mais de uma semana, Praia do Flamengo e Vilas do Atlântico ( na cidade vizinha de Lauro de Freitas).

Se for de passagem para alguma outra cidade da Bahia ou não quer dormir no Aeroporto, tem opções em Lauro de Freitas e no início da Avenida Paralela. Se for para negócios, fique na região do Iguatemi ou Itaigara. Se você quer luxo, tem o Pestana do Carmo, o Fera e o Fasano. Mas em todo caso, indico este post:

LEIA MAIS EM: Onde ficar em Salvador – melhores bairros

ONDE COMPRAR ARTESANATO EM SALVADOR

 

Se você busca os melhores lugares para comprar lembrancinhas em Salvador, veja: Mercado Modelo, Pelourinho e Feira de São Joaquim. Esta última e muito mais autêntica, nos demais, infelizmente você encontrará produções não locais.

Outros lugares que vendem artesanato são: Shopping Salvador e Salvador Norte. Mas se você vai passar por alguma cidade do interior da Bahia, compre os produtos de lá, pois a qualidade é superior ao de Salvador.

 

DICAS DE SEGURANÇA EM SALVADOR

 

Já fiz um post sobre isso, mas vou deixar aqui a principal: ande simples e sem nada de valor. Antes de fotografar, observe o ambiente. Não fique em locais isolados.

Quais os lugares mais seguros de Salvador para fotografar? Barra e Pelourinho. Tem câmera e policiamento pra tudo quanto é lado. Por isso, não saia do perímetro de vigilância. Quanto aos vendedores de fitinhas no Mercado Modelo, faça o mesmo que você faria se estivesse na Europa e os indianos fossem te oferecer produtos, ignore.

o que fazer em salvador
turistas, vendedores e baianas na Praça Municipal

Esqueci de algo? Tem alguma dúvida? Tem alguma sugestão? Deixe seu comentário abaixo, caso queira alguma ajuda.

Comentários

  1. Menina tá completíssimo esse post! Eu já conheço boa parte de Salvador mas o que eu desejo ainda ver com meus próprios olhos é Itaipu, por causa da famosa música do Vinícius!

  2. Olá Vaneza!

    Estas dicas sobre o que fazer em Salvador estão demais! Não conheço a cidade mas fiquei morrendo de vontade de conhecer. Espero poder dar um pulinho ai nas próximas férias.

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *